Educação é tema base para 10° Congresso de Filosofia


Alunos, pesquisadores, professores e pensadores, várias gerações reunidas em uma escola pública estadual, localizada em cima do morro, em uma segunda-feira fria. Este é o cenário do primeiro dia do 10° Congresso de Filosofia, que acontece até o fim desta semana, das 18h às 23h.


Organizado pelo Núcleo de Estudos Avançados em Filosofia (NEAF), o Congresso discute a educação, guiando-se pelas reflexões proporcionadas pela Filosofia. Apesar de ser realizado na Escola Estadual Professor Rogério Levorin, a iniciativa ocorre anualmente, nos meses de julho e é organizada por um grupo independente que gosta de filosofia e estão empenhados na produção do pensar.


A palestra principal inicia-se às 18h, sendo que das 20h às 21h estabelece-se um intervalo no intuito de abrir espaço para os participantes dialogarem entre si, trocar ideias e se conhecer de forma informal. Após o intervalo, duas palestras serão dadas simultaneamente em espaços diferenciados por palestrantes, ex-alunos de diversas escolas estaduais, hoje universitários e envolvidos no NEAF, os quais também colaboraram na organização do encontro.


No primeiro dia, a palestra principal apoiou-se no tema "Projeto de vida e a expectativa do aluno em relação à vida escolar", dado pelo professor Marcos Godoy (Professor de Física; Mestrando em Ética EACH – USP); Renan Damasceno (pesquisador e aluno da UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo) aborda "Educação, maioridade e drogas - Uma observação sobre a luz da ciência" e Paulo César Lima, sob o tema "Platão e a Educação", foram as palestras apresentadas pós-intervalo.

Contra o senso comum e as estatísticas que rondam a periferia, a iniciativa vai de encontro a algo inesperado: em qualquer lugar é possível encontrar grupos que se mobilizam na construção de uma consciência e de uma participação democrática. O exercício do diálogo é o princípio para a cidadania.


Palestrantes e seus respectivos temas:


Marcos Godoy: "Projeto de vida e a expectativa do aluno em relação à vida escolar"


Paulo César Lima: "Platão e a Educação"


Renan Damasceno: "Educação, maioridade e drogas. Uma observação sobre a luz da ciência"


Larissa Estefani: "Nietzsche e a visão da educação"


José Alves: "Projeto de vida: para que ter um?"


Wellington Almeida Martins: "Sartre e Educação segundo a ótica do existencialismo"


Maurício Vaz de Oliveira: "Professor: modelo de projeto"


Eliton da Costa Rocha: "A escola é feita para Educar? Uma reflexão a partir de Adorno Bourdieu e Foucault"


Ronaldo Alves Braga: "Luz e Sombras - O vestibular como fator da construção da racionalidade nos jovens da contemporaneidade brasileira: reflexões sobre a formação da razão e a pedagogia do vestibular"


Leonardo Yonamine: "Sociedade Alternativa"


Denis Wilson: "Uma Sociedade que caminha para o abismo"


Juberlândia Custódio: "O papel da educação para a formação do ser humano e a contribuição da geografia"

Serviço


10° Congresso de Filosofia

Data: De 22 a 26 de julho

Horário: das 18h às 23h (com intervalo das 20h às 21h)

Local: Escola Estadual Professor Rogério Levorin - Rua Café Filho, n° 436 - Jardim Levorin - Francisco Morato

Organizadores: NEAF - Núcleo de Estudos Avançados em Filosofia



PUBLICADO EM COMUNIDADE NEGRA DE FRANCISCO MORATO | 2013

Destaque
Leia também
Tamires Santana

Tamires Santana é um ser vivo, dotado de inteligência e conhecimento (até que se prove o contrário). É pai, mãe e espírito - nem um pouco santo. Estuda, trabalha, busca, anda — principalmente de trem e bicicleta. Chegou a conclusão de que quanto mais se busca, menos se sabe. Gosta de falar sobre arte, cultura, cultura popular, política, economia solidária, design, religião, índio, folclore brasileiro, samba, carnaval, literatura infantil, ciência, criança,
desenho animado, cinema, plantas, minhocas, compostagem e um montão de outras coisa. É adepta da
filosofia de vida "é pra frente que se anda".

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square